Atualidade

O Serviço de Gastrenterologia do IPO Porto vai realizar o Curso de Gastrenterologia Oncológica, cuja 8.ª edição, que irá decorrer a 19 de Maio de 2023.

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) realizou esta semana uma intervenção valvular mitral pioneira em Portugal num doente de 67 anos, com insuficiência cardíaca grave associada a regurgitação mitral severa.

Quase 98 % da população elegível para fazer o rastreio do cancro da mama já foi convidada a fazer o exame, ultrapassando o objetivo europeu previsto para 2025, anunciou o Dr. José Dinis, diretor do Programa Nacional das Doenças Oncológicas.

O GileadPro comemora um ano de atividade oferecendo a médicos, farmacêuticos e enfermeiros acesso em exclusivo a conteúdos relacionados com as
Áreas Terapêutica desenvolvidas pela Gilead e a serviços de suporte à atividade médica.

O cancro parece estar a ultrapassar a doença cardiovascular como principal causa de morte em adultos com diabetes tipo 2 (DT2), aponta um estudo realizado em Inglaterra. A propósito do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro, que se assinala anualmente a 4 de fevereiro, a Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) reforça a importância do diagnóstico precoce de cancro em pessoas com DT2.

A 22.ª Reunião da Primavera da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) já tem data marcada para 6 de maio, no Hotel Meliá Ria Aveiro.

A Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional para as Doenças Oncológicas, assinala a comemoração do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro, com um evento amanhã, dia 3 de fevereiro de 2023, pelas 9h00 horas, no Auditório da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (INFARMED, I.P.).

Portugal tem um dos mais baixos custos per capita com cuidados oncológicos da União Europeia (UE), mas as taxas de sobrevivência para os cancros mais comuns são superiores às médias da UE, indica um estudo divulgado esta quarta-feira, 1 de fevereiro.

O ministro da Saúde, Dr. Manuel Pizarro, afirmou esta quarta-feira, 1 de fevereiro, que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) desenvolveu em 2022 a “maior atividade assistencial da sua história, com os hospitais públicos a baterem o recorde de consultas médicas e cirurgias".

O docente e investigador da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), Dr. João Vasco Santos, realizou vários estudos e alertou para as discrepâncias nos indicadores de saúde em função dos métodos utilizados em investigações europeias, afirmando ser “urgente uma maior aposta das instituições e dos organismos europeus no desenvolvimento e utilização de indicadores sólidos para avaliar e comparar a efetividade dos sistemas de saúde europeus e delinear políticas de saúde adequadas à realidade”.

Publicações